Caldeiras de fluido térmico

Introdução

As caldeiras de fluido térmico da Babcock Wanson, com queimador integrado a gás, óleo ou bicombustível, satisfazem as necessidades da indústria moderna. Com fluido térmico como meio de transferência de calor, os utilizadores não são confrontados com os problemas sobejamente conhecidos de pressão, formação de incrustações, corrosão ou gelo.
A extensa gama de referências da Babcock Wanson no aquecimento de fluido térmico realça a qualidade dos nossos equipamentos e a nossa capacidade para encontrar a solução ideal para cada aplicação.
Os sistemas de aquecimento de fluido térmico revolucionaram o aquecimento de processos, tornando obsoletas, na maioria das indústrias, as unidades grandes, ávidas de energia e com um grande número de pessoal permanente. As caldeiras de fluido térmico são compactos e fáceis de usar e oferecem uma redução na necessidade de energia total difícil de igualar.
Ao contrário de um sistema de vapor, com caldeiras de fluido térmico não há alteração do estado do fluido, pelo que não há perdas de condensados nem consequentes perdas de vapor de expansão, nem perdas de despressurização ou necessidade de água de compensação, não há descarga de efluentes e os sistemas estão completamente livres de corrosão, sem necessidade de dispendiosos tratamentos químicos. Tudo contribui para poupanças substanciais para o operador.

Princípio de funcionamento

O aquecimento por fluido térmico baseia-se num princípio semelhante ao de um simples sistema de água quente. Consiste numa caldeira ligada a uma tubagem de fluxo e de retorno em aço-carbono, capaz de fornecer calor a um ou mais utilizadores ou sistemas. Em vez de água a correr através dessa tubagem, é utilizado como meio de transferência de calor um fluido térmico – normalmente um óleo mineral específico ou um fluido sintético. Podem ser usados diferentes fluidos para satisfazer necessidades de aquecimento de processos específicas, convertendo-o num sistema muito flexível.

Para que são mais adequadas as caldeiras de fluido térmico?

As caldeiras de fluido térmico funcionam, normalmente, à pressão atmosférica até 350 °C e podem ser bombeados até -20 °C e mesmo abaixo, com fluidos especiais, o que os torna uma solução adequada para uma grande variedade de aplicações.

Vantagens das caldeiras de fluido térmico

  • Operação fácil
  • Sem perigo de congelação
  • Sem produção de efluentes líquidos
  • Sem necessidade de tratamento de água ou de produtos químicos
  • Manutenção muito reduzida e vida útil longa da unidade
  • Livres de corrosão
  • Funcionamento em circuito fechado – sem perdas de sistema
  • Elevada eficiência da combustão e da instalação
  • Redução em 20% a 50% do consumo de energia para transferir a mesma quantidade de calor, em comparação com o vapor
  • Emissões de escape totais mais baixas
  • Muito seguros
  • Compactos e sem necessidade de trabalho especializado no local, pelo que podem estar situados perto do utilizador, o que significa poupanças substanciais em termos de salas de equipamentos e tubagem de distribuição especializadas
  • Capacidade para manter um controlo constante da temperatura
  • Capacidade para trabalhar a altas temperaturas (até 350 °C no modo padrão) num circuito fechado simples
  • Rentáveis

A mostrar todos os 4 resultados